Dia A Dia Da Economia - Míriam Leitão

Informações:

Sinopsis

Análise diária dos principais fatos da economia com uma das mais importantes e influentes jornalistas do país.

Episodios

  • Clima na CPI da pandemia é ruim para o governo

    Clima na 'CPI da pandemia' é ruim para o governo

    16/04/2021 Duración: 08min

    Miriam Leitão resume a 'semana de fortes emoções'. Ela destaca a criação da CPI para investigar a atuação do governo no combate à Covid-19, composta por uma maioria de senadores de oposição ao governo. Para ela, Bolsonaro terá dificuldade para desviar o foco da CPI. 'Os fatos se impõem. Quem mais errou na pandemia foi o governo federal', afirma. Decisões envolvendo Lula e resultados econômicos também estão entre os destaques.

  • LDO apresentada tem espaço maior para gastos, mas parâmetros estão falhos

    LDO apresentada tem espaço maior para gastos, mas parâmetros estão falhos

    16/04/2021 Duración: 06min

    Míriam Leitão fala sobre o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias apresentado pelo governo federal, mesmo sem o Orçamento de 2021. Míriam sinaliza o fato de que haverá um espaço maior para gastos. Sobre a LDO sem Orçamento definido, ela explica que é um 'fato inédito. A gente nunca teve uma situação esquisita como esta'.

  • Setor de serviços aponta alta de 3,7% em fevereiro

    Setor de serviços aponta alta de 3,7% em fevereiro

    15/04/2021 Duración: 07min

    'A economia sempre aponta um jeito de contornar a dificuldade', aponta Miriam Leitão. O resultado ultrapassa pela primeira vez o nível pré-Covid. 'Nos últimos 12 meses está negativo, mas se compara o mês dá positivo', explica ela. A alta é puxada, principalmente, pelo subsetor de comércio online. Apesar da alta, Leitão enfatiza ser um crescimento pontual e critica o governo: 'o governo passa sinais de falta de capacidade de lidar com a questão fiscal em um momento difícil'.

  • O Orçamento é uma peça defeituosa em todos os sentidos

    'O Orçamento é uma peça defeituosa em todos os sentidos'

    15/04/2021 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre a 'encrenca' do governo que terá que entregar a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022, sem ter o Orçamento de 2021. 'Esse monstrengo orçamentário está criando um monte de conflitos dentro do governo'.

  • Na discussão do orçamento, dois erros não fazem um acerto

    Na discussão do orçamento, 'dois erros não fazem um acerto'

    14/04/2021 Duración: 06min

    Miriam Leitão afirma que propostas do governo para corrigir os erros no orçamento são 'absurdas'. 'Orçamento é um pavor, é nosso pior orçamento', avalia. Ela lembra, ainda, que Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022 terá que ser enviada amanhã — sem que o orçamento de 2021 esteja pronto.

  • Pacheco tentou agradar a gregos e troianos. E nesse caso não é possível

    'Pacheco tentou agradar a gregos e troianos. E nesse caso não é possível'

    14/04/2021 Duración: 06min

    Míriam Leitão analisa a decisão do presidente do Senado de incluir na CPI da Covid-19 a fiscalização de verbas federais para estados e municípios. Comentarista avalia que Pacheco 'criou uma brecha'. Ela destaca ainda que 'o que os governistas querem é criar tumulto para que não aconteça a CPI'.

  • Governo tenta solução louca para orçamento louco

    Governo tenta solução louca para orçamento louco

    13/04/2021 Duración: 05min

    Diante do impasse envolvendo o orçamento, governo sugere a aprovação de uma emenda constitucional para permitir despesas para além do teto de gastos. Além disso, cortes chegaram a zerar os orçamentos de áreas importantes. Para Míriam Leitão, governo deveria vetar emendas parlamentares, mas mas não faz isso para não desagradar o Congresso.

  • Braga Netto é ministro da Defesa e que ele fique dentro do que lhe concerne na estrutura do governo

    'Braga Netto é ministro da Defesa e que ele fique dentro do que lhe concerne na estrutura do governo'

    13/04/2021 Duración: 06min

    Míriam Leitão destaca o momento de conflito na definição da CPI da Covid e a postura de Braga Netto, que ao assumir o Ministério da Defesa, ‘passou recado para o Judiciário’, ao repetir Bolsonaro e cobrar investigação de governadores. Ela acrescenta que 'quando os generais, tanto o vice-presidente quanto Braga Netto, ficam apontando para o Judiciário, eles estão reforçando uma tese de Bolsonaro de que o Supremo não deixa governar'.

  • Bolsonaro quer tratar estatais como armas políticas

    Bolsonaro quer tratar estatais 'como armas políticas'

    12/04/2021 Duración: 04min

    Míriam Leitão avalia a postura do presidente em relação às estatais e destaca que o que o ele está fazendo é muito mais do que influenciar na política de preços. Bolsonaro está desrespeitando a legislação de mercado de capitais e da lei das estatais.

  • Conversa entre Kajuru e Bolsonaro sobre CPI da Covid é inaceitável

    Conversa entre Kajuru e Bolsonaro sobre CPI da Covid é 'inaceitável'

    12/04/2021 Duración: 05min

    Míriam Leitão afirma que gravação divulgada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania) deixa claro que o presidente Jair Bolsonaro está tentando melar a CPI da Covid no Senado e atacar o Supremo Tribunal Federal. Ouça o comentário completo

  • Desemprego em alta e inflação subindo em um ambiente recessivo

    Desemprego em alta e inflação subindo em um ambiente recessivo

    09/04/2021 Duración: 08min

    Míriam Leitão fala sobre inflação de março, 'que veio salgada'. O mercado estava esperando 1% e veio 0,93%, maior do que o mês de fevereiro. 'A inflação em 12 meses superou o teto da meta'.

  • É um espanto que Rodrigo Pacheco tenha demorado tanto para abrir CPI da Covid-19

    'É um espanto que Rodrigo Pacheco tenha demorado tanto' para abrir CPI da Covid-19

    09/04/2021 Duración: 05min

    Míriam Leitão critica o fato do presidente do Senado ter precisado da decisão do ministro Barroso para cumprir a Constituição. Comentarista destaca que Pacheco utilizou argumentos 'completamente frágeis' e que a lei 'é simples e clara'.

  • Bolsonaro tenta fazer uso político de empresários e militares

    Bolsonaro tenta fazer uso político de empresários e militares

    08/04/2021 Duración: 07min

    Na quarta, o presidente teve um jantar com empresários aliados do governo para falar sobre o combate à pandemia. Hoje, Bolsonaro voltou a usar a expressão 'meu exército' em discurso durante uma cerimônia militar. Para Míriam Leitão, os dois episódios são tentativas de apagar crises recentes do governo.

  • O presidente do Banco Central não deveria estar em uma reunião política

    'O presidente do Banco Central não deveria estar em uma reunião política'

    08/04/2021 Duración: 06min

    Míriam Leitão fala do jantar do presidente Bolsonaro com alguns empresários. Míriam Leitão destaca a presença do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, no encontro. 'É um estranho no ninho'. O presidente do Banco Central não deveria estar presente. Roberto Campos Neto tem participado de reuniões do governo que ele não deveria estar.

  • Orçamento mais confuso da história gera polêmica para todos os lados

    'Orçamento mais confuso da história' gera polêmica para todos os lados

    07/04/2021 Duración: 07min

    No Tribunal de Contas da União, ministros ainda não sabem quem será o relator da análise do orçamento. Enquanto isso, governo e Congresso trocam acusações por causa de erros na proposta orçamentária. Miriam Leitão destaca que chegamos até o quarto mês do ano sem um orçamento aprovado. 'Nessa confusão só há um perdedor: o contribuinte', afirma.

  • Fora de hora, fora do tom e fora de propósito

    'Fora de hora, fora do tom e fora de propósito'

    07/04/2021 Duración: 06min

    Míriam Leitão fala sobre o projeto que facilita a compra de vacinas por empresas privadas. 'É um erro grave, por várias razões. Cria um privilégio para funcionários das grandes empresas'. Míriam Leitão acrescenta que é uma prova da incompetência do governo. 'Se as empresas conseguirem vacina vai ficar provado que o governo foi incompetente e não se envolveu'.

  • Novo chanceler diz obviedades, mas, no Brasil de hoje, a obviedade é ótima

    Novo chanceler diz obviedades, mas, no Brasil de hoje, 'a obviedade é ótima'

    06/04/2021 Duración: 07min

    Em seu discurso de posse, o novo ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, afirmou que a pasta deve focar em 'três urgências': a sanitária, a econômica e a climática. Para Miriam Leitão, fala do ministro foi clara e objetiva, além de realinhar a política externa do Brasil após gestão 'deletéria' de Ernesto Araújo. 'Um diplomata constrói pontes, ele não deve obstruir caminhos', comenta.

  • Esse é um governo estatizante e intervencionista, não é um governo liberal

    'Esse é um governo estatizante e intervencionista, não é um governo liberal'

    06/04/2021 Duración: 06min

    Míriam Leitão faz uma avaliação da carta escrita pelo novo presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro, aos funcionários da instituição. 'Ele tentou acender uma vela aos funcionários, outra ao governo federal e outra ao mercado. A que brilhou mais foi a vela governista'.

  • Orçamento defeituoso é resultado de governo em colapso em várias áreas

    Orçamento defeituoso é resultado de 'governo em colapso em várias áreas'

    05/04/2021 Duración: 08min

    Para Miriam Leitão, impasse envolvendo o orçamento de 2021 é grave e de difícil solução. 'Orçamento está cheio de defeitos que não dá para resolver', afirma. Ela avalia que a origem do problema está na falta de articulação do governo. 'Se houvesse diálogo do governo com a sua base, não teriam criado um monstrengo', diz.

  • Orçamento de 2021: o governo ajudou a fazer a confusão

    Orçamento de 2021: 'o governo ajudou a fazer a confusão'

    05/04/2021 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre 'o grande nó' que se transformou o orçamento da União. 'Todo mundo tentando encontrar uma forma de desatar o nó, mas as condições ainda estão muito distantes'. Ela acrescenta que 'não é apenas um orçamento irreal, ele é um orçamento defeituoso, com erros graves'.

página 1 de 2