Brás, Bexiga E Barra Funda / Laranja Da China

Prueba ahora Firma sin compromiso. Cancele cuando quiera.

Sinopsis

Observador arguto do cotidiano da capital paulista do início do séc. XX, Alcântara Machado escreveu um texto essencial para a compreensão da história paulistana: Brás, Bexiga e Barra Funda, que ele define como '' jornal, órgão dos ítalo-brasileiros de São Paulo''. Em Laranja da China, retrato da parcela mais elitizada da sociedade, ele também se mostra um verdadeiro modernista e incorpora recursos de outras linguagens, como o cinema, e outros gêneros, como o jornal e gritos das torcidas em sua prosa.